Antes de tudo, vou descrever resumidamente as várias dimensões ou planos de existência de acordo com o nosso modelo. Usamos um modelo de doze dimensões e vocês, que habitam um corpo físico, existem na terceira dimensão, que se baseia na matéria.

A quarta dimensão, chamada plano astral, baseia-se sobretudo nas emoções. Juntas, essas dimensões formam o que chamamos de Mundo Inferior da Criação. Essas são as dimensões onde o jogo da separação se realiza.

Essas são as únicas dimensões nas quais é possível sentir-se separado do Espírito, bem como dos outros seres humanos. Todos vocês se tornaram muito bons nesse jogo. Foi um
jogo de separação muito bem sucedido, mas agora é hora de acabar com ele. Portanto, este planeta encontra-se em processo de ascensão e actualmente está vibrando nos níveis mais baixos do plano astral.

Como parte do processo de ascensão, todas as dimensões se fundirão com as dimensões superiores e deixarão de existir.

Como atualmente o planeta está vibrando no nível do plano astral intermediário, muitos de vocês começam a sentir como se estivessem sonhando. Nunca estão bem certos se estão acordados ou dormindo. As continuidades estão se rompendo. Paira no ar o sentimento de que as coisas podem mudar enquanto vocês as seguram nas mãos. A caneta com a qual estão escrevendo pode tornar-se um martelo, e essa falta de continuidade acabará por não incomodá-los, exatamente como ocorre quando vocês estão sonhando.

Vocês perceberão que o estado onírico está se alterando, que no momento em que despertam não se sentem muito seguros de que estão acordados. E ficarão lúcidos enquanto sonham, totalmente conscientes nesse estado. Estarão totalmente conscientes de si enquanto passam de uma realidade para outra, sentindo que elas também são reais. Vocês terão a impressão de que não existe mais apenas uma única realidade verdadeira.

A quinta, a sexta, a sétima, a oitava e a nona dimensão formam o Plano Intermediário da criação. De acordo com o modelo que usamos, a quinta dimensão é a do Corpo de Luz, na qual vocês têm consciência de si mesmos como mestres e seres multidimensionais.

Na quinta dimensão, vocês estão inteiramente voltados para a espiritualidade. Muitos de vocês vieram deste plano para se tornarem Obreiros da Luz aqui.

A sexta dimensão detém as matrizes dos padrões de DNA para a criação de todos os tipos de espécies, inclusive a humana. Ela é constituída sobretudo de cores e tons e é também onde as Linguagens da Luz são armazenadas. É a dimensão na qual a consciência cria através do pensamento e é também um dos lugares que vocês visitam enquanto dormem. Pode ser difícil perceber essa dimensão, uma vez que vocês não têm corpo, a não ser que optem por criar um. Quando viajam pela sexta dimensão, vocês são como ‘’um pensamento vivo’’.

Vocês criam através da consciência, mas não têm necessariamente um veículo para essa consciência. A sétima dimensão é a da criatividade pura, pura Luz, puro tom, pura forma e pura expressão. É o plano do aperfeiçoamento infinito e é o último plano em que vocês se vêem como ‘’indivíduos’’.

A oitava é a dimensão da mente grupal ou espírito grupal e é onde vocês têm contato com a maior parte do que são. Ela é caracterizada pela perda de senso do ‘’eu’’. Nas viagens através das múltiplas dimensões, essa é aquela em que vocês têm mais dificuldade para manter a consciência individual, uma vez que se tornam puramente ‘’nós’’, e atuam com propósitos grupais. Portanto, pode parecer como se vocês estivessem dormindo ou tivessem simplesmente ‘’apagado’’.

De acordo com o modelo que usamos, a nona dimensão é o plano da consciência colectiva dos planetas, sistemas estelares, galáxias e dimensões. Nessa dimensão também é extremamente difícil manter o senso de ‘’eu’’, uma vez que a pessoa torna-se tão ampla que abrange tudo. Imaginem-se como se fossem a consciência de uma galáxia! Vocês contêm todas as formas de vida, estrelas, planetas, bem como a mente grupal de todas as espécies existentes nela.

A décima, a décima primeira e a décima segunda dimensões formam o Plano Superior da Criação. A décima é a fonte dos Raios, morada do que chamamos Elohim. É onde são traçados novos planos de criação que depois são enviados para os níveis intermediários de criação. O senso do ‘’eu’’ pode ser preservado nesse nível, mas não é exatamente o mesmo senso que se está acostumando a ter na terceira dimensão.

A décima primeira dimensão é a que antecede a formação da Luz – o ponto anterior à criação e um estado de expectativa enorme, exatamente como o momento que antecede o espirro ou o orgasmo. É o plano do ser conhecido como Metraton, bem como dos Arcanjos e outros Akáshicos deste sistema de Origem. Existem registros de Akáshicos planetários e Akáshicos galácticos, bem como do Akáshico de todo um sistema de Origem . Vocês se encontram num dos muitos sistemas de Origem. Portanto, estamos lhes dando a descrição de apenas um sistema de Origem – este aqui. Se vocês forem a outro sistema de Origem, tudo será diferente. Como sou um Arcanjo, meu lugar de referência é a décima primeira dimensão.

A décima segunda dimensão é o Ponto Um, onde toda consciência vê a si mesma como sendo totalmente una com Tudo Que Existe. Não há nenhuma espécie de separação. Se vocês entrarem em contato com esse nível, terão a sensação de que são inteiramente unos com Tudo Que Existe, com a força do Criador. Se vocês entrarem em contato com essa força, vocês jamais serão os mesmos, uma vez que, a partir do momento que conheceram a perfeita unidade, não poderão mais manter o mesmo nível de separação.

Canalização (autor desconhecido)