Essência Floral é uma terapia criada, nos anos de 1928 a 1936, pelo Dr. Edward Bach, médico homeopata, bacteriologista e imunologista.

O objetivo da terapia floral é o equilíbrio das emoções do paciente. Ou seja, procura diminuir ou eliminar o estresse, depressão, pânico, desespero, sentimentos de culpa, cansaço físico ou mental, solidão, tristeza, indecisão, sensibilidade excessiva, ciúmes, ódio, mágoas, todos os tipos de medos, ansiedades e preocupações que uma pessoa esteja sofrendo.

Florais Californianos

ALOE VERA : Uso excessivo ou inadequado das forças ígneas criadoras; sensação de estar exaurido.
ALPINE LILY: Identidade feminina excessivamente abstrata ou vivenciada num sentido somente espiritual, desencarnada; rejeição ou alienação dos orgãos femininos, sentidos como “inferiores”.
ANGELICA: Sentindo-se separado, desprovido de orientação espiritual e proteção.
ANGEL’S TRUMPET: Medo da morte, resistência a desprender-se da vida física ou à cruzar o umbral espiritual; negação da realidade do mundo espiritual.
APRICOT: Alivia cálculos biliares, pedras e cristais na bexiga. Regula taxa de açúcar no sangue.
ARNICA: Desconexão do Eu superior em relação ao corpo, decorrente de choque ou trauma; dissociação; inconsciência .
BABY BLUE EYES: Atitude defensiva; insegurança; desconfiança cínica do mundo; alheamento em relação ao Eu superior.
BANANA: Fisicamente atua nos ossos e dentes. Atua também regulando a assimilação e a digestão do açúcar; trabalha a insegurança da masculinidade; excelente para o machismo.
BASIL: Tendência à polarizar a sexualidade e a espiritualidade, levando com frequência à comportamento clandestino ou tensão conjugal.
BLOODROOT: Desenvolve a concentração, meditação e a visualização criativa, especialmente em processo de cura ou em pessoas muito intelectuais.
BLACKBERRY: Inabilidade em traduzir objetivos e ideais em atividades concretas e viáveis.
BLACK COHOSH: Tendência a enredar-se em relacionamentos e estilos de vida que são abusivos, viciados e violentos.
BLACK EYED SUSAN: Repressão e não reconhecimento de aspectos traumáticos ou dolorosos da personalidade.
BLEEDING HEART: Estabelecer relacionamentos baseados no medo ou possessividade; co-dependência emocional.
BORAGE: Peso no coração; falta de ânimo ao enfrentar circunstâncias difíceis.
BUTTERCUP: Sentimento de baixa autovalorização; incapacidade de reconhecer ou vivenciar a própria luz interior e qualidades singulares.
CALENDULA: Tendência a usar as palavras de forma cortante ou dura; sempre querendo argumentar; falta de receptividade na comunicação com os outros.
CALLA LILY: Confusão; ambivalência sobre o gênero ou identidade sexual.
CALIFORNIA PITCHER PLANT: Dissociação ou temor dos aspectos instintivos do Eu; anemia.
CALIFORNIA POPPY: Busca fora de si falsas formas de luz ou consciência superior; escapismo; tendência ao vícios
CALIFORNIA WILD ROSE: Apatia ou resignação. Incapacidade de canalizar as forças da vontade através do coração.
CANYON DUDLEYA: Vida psíquica inflada; exagero emotivamente intenso das experiências psíquicas.
CAYENNE: Tendência à estagnação; incapacidade de ser mover adiante, em direção à mudança.
CHAMOMILE: Facilmente alterado; mudanças de humor e irritabilidade; incapaz de liberar a tensão emocional.
CHAPARRAL: Intoxicação psíquica; sonhos pertubados, vida interior caótica.
CHRYSANTHEMUM: Medo do envelhecimento e da mortalidade; excessiva identificação com a juventude ou com a fama e/ou fortuna; apego a valores materiais.
COFFEE: Agiliza as decisões; bom para quem analisa demais; estimula o chakra cardíaco.
COTTON: Ajuda pessoas em caminhos espirituais; traduz filosofia em sensitividade espiritual.
CORN: Incapacidade de se manter centrado no corpo; desorientação e stress, em particular em ambientes urbanos.
COSMOS: Desfocalização; desorganização na comunicação; expressão verbal excessivamente excitada; sobrecarga por excesso de idéias.
DANDELION: Tensão, especialmente na musculatura do corpo; excesso de esforço, impulsionando-se constantemente.
DEER BRUSH: Motivações ambíguas ou conflitantes; sentimentos inconscientes que levam à ações externas.
DILL: Sobrecarga e estímulos excessivos; hipersensibilidade ao ambiente ou à atividade externa; congestão sensorial.
DOGWOOD: Consciência desajeitada e dolorosa do corpo; trauma emocional instaurado profundamente no corpo.
EASTER LILY: Sexualidade conflitante, levando ao desequilíbrio, seja em direção ao puritanismo ou à promiscuidade.
ECHINACEA: Sentido-se destruído depois de grande trauma ou abuso; incapacidade de contactar o próprio sentido inerente de dignidade do ser; alienação profunda.
EUCALIPTUS: Tristezas e mágoas adivindas de cortes amorosos. Ajuda a ouvir e entender o que o outro quer dizer.
EVENING PRIMROSE: Sentindo-se rejeitado, não desejado; experiência passada de abuso (psíquico ou físico) criando um comportamento que tende a evitar o compromisso no relacionamento; medo de ter filhos; repressão sexual e emocional.
FAIRY LANTERN: Imaturidade; sentindo-se incapaz; carência; dependência; regressão emocional.
FAWN LILY: Isolamento; atitude de retirar-se; auto-proteção; espiritualidade.
FILAREE: Preocupação desproporcional; incapacidade de enxergar numa perspectiva mais ampla, os eventos cotidianos.
FIREWEED: Para quem precisa reconstruir-se após uma grande transformação ou uma situação devastadora.
FORGET-ME-NOT: Isolamento da alma; falta de consciência das nossas conexões espirituais com os outros; comunicação bloqueada com as outras dimensões.
FUCHSIA: Falsos estados de emotividade; hiperemotividade que encobre dor e trauma mais profundamente contidos; sintomas psicossomáticos.
GARLIC: Cheio de medos; fraco e facilmente influenciável; tendência à baixa vitalidade.
GOLDEN EAR DROPS: Memórias tóxicas introjetadas desde a infância; sentimentos de dor e trauma sobre eventos da infância que afetam a vida emocional presente.
GOLDENROD: Facilmente influenciado pelo grupo ou pelos laços familiares; incapaz de ser fiel ao verdadeiro EU; sujeito à pressões do grupo ou expectativas sociais.
GOLDEN YARROW: Tendência a retirar-se de envolvimento social ou artístico em decorrência de profunda sensibilidade; endurecimento ou perda do sentido do eu, para lidar com as situações, em decorrência da vulnerabilidade.
GRAPEFRUIT: Dores de cabeça; relaxa o corpo mental; realinhamento corporal (crânio-sacro).
HIBISCUS: Inabilidade em conectar -se com o eu sexual, falta de calor afetivo e vitalidade, frequentemente decorrente de exploração sexual ou abuso ocorridos anteriormente.
HOUND’S TONGUE: Tendência a ver o mundo em termos materialistas; pesado ou embotado por uma visão excessivamente limitada; plano material terreno.
HYSSOP: Ajuda a reconhecer e liberar os sentimentos de culpa, tendências mais construtivas inerentes a personalidade poderão ser desenvolvidas.
INDIAN PAINTBRUSH: Baixa vitalidade e exaustão; incapacidade de trazer as forças criativas para uma expressão física.
INDIAN PINK: Forças psíquicas facilmente arrebentadas pelo excesso de atividade; incapaz de sentir o “Self “como o centro da atividade.
IRIS: Incapacidade de sentir inspiração; falta de criatividade sentindo-se pesado pela mesmice do mundo.
LADY’S SLIPPER: Separado da própria autoridade interior; exaustão nervosa; esgotamento da energia sexual.
LARKSPUR: Liderança distorcida pelo auto-engrandecimento ou pelo sentido de dever; sentimento de carregar um fardo.
LAVANDER: Nervosismo; excesso de estimulação das forças espirituais que esgotam o corpo físico.
LOTUS: “Orgulho” espiritual; espiritualidade com ênfase excessiva no desenvolvimento dos centros energéticos superiores, sem uma integração com o equilibrio dos centros inferiores.
MADIA: Atenção facilmente desviada; incapaz de se concentrar; amortecido ou lânguido.
MALLOW: Insegurança social, com medo de buscar aproximar-se dos outros; tendência a criar barreiras.
MANZANITA: Ausência do mundo físico; aversão, desgosto ou negação do Eu corporal e do mundo físico.
MARIPOSA LILY: Sentimento de separação da mãe ou da energia maternal; abandono ou abuso na infância.
MILKWEED: Extrema dependência e regressão emocional; amortecimento da consciência através das drogas, álcool ou excesso de ingestação da comida; necessidade de escapar da consciência de si próprio.
MORNING GLORY: Amortecido; intoxicado ou de “ressaca “; incapaz de encarnar no corpo , especialmente de manhã; hábitos viciados.
MOUNTAIN PENNYROYAL: Pensamentos negativos absorvidos dos outros; contaminação psíquica.
MOUNTAIN PRIDE: Medo e evasão diante do desafio; falta de assertividade; incapacidade de sustentar posições e idéias.
MUGWORT: Incapacidade de harmonizar as forças psíquicas; tendência à histeria ou excessiva emotividade; vida psíquica excessivamente ativa, desconectada do mundo físico.
MULLEIN: Incapacidade de sintonia com a voz interior; fraqueza e confusão; falta de firmeza de decisão; tendência a mentir ou enganar a si próprio ou aos outros.
NASTURTIUM: Excesso de aridez ou intelectualismo; esgotamento das forças vitais e da verve emocial.
OREGON GRAPE: Paranóia e temor, projetando injusta expectativa de intenções hostis vinda dos outros.
PASSION FLOWER: Ajuda em períodos difíceis da vida.Compaixão profunda é o aspecto chave.
PENSTEMON: Sentimento de ser sacrificado; autopiedade; incapacidade de suportar as circunstâncias dificieis da vida.
PEPPERMINT: Lentidão e letargia mental ; metabolismo desequilibrado que esvazia as forças mentais.
PINK MONKEYFLOWER: Vergonha; culpa; baixa auto-estima; medo de se expor e da rejeição, escondendo-se dos outros; mascarando os sentimentos.
PINK YARROW: Forças desequilibradass de identificação, sentimento de pena dos outros; campo áurico que absorve muito de fora; falta de clareza emocional, mesclando-se de forma não apropriada com os outros.
POISON OAK: Medo do contato íntimo; projetando hostilidade; proteção das fronteiras pessoais; medo de ser violado.
POMEGRANATE: Ambivalência ou confusão sobre a focalização da criatividade feminina, especialmente entre os valores da carreira e do lar , do criador e do procriador , do pessoal e do global.
PRETTY FACE: Sentindo-se feio ou rejeitado pela aparência pessoal; excessivamente identificado com a aparência física; inabilidade em permitir que a beleza da alma possa irradiar através do corpo.
PRICKLY PEAR CACTUS: Bom para pessoas com problemas emocionais e que concomitantemente apresenta problemas pulmonares e/ou renais; necessidade de auto-confiança.
PURPLE MONKEYFLOWER: Medo de viver; de arriscar; agorafobia; medo básico da vida , do viver.
QUAKING GRASS: Inadequação em situações de grupo, incapacidade de encontrar equilíbrio entre o sentido individual e as necessidades maiores do grupo.
QUEEN ANNE’S LACE: Obscurecimento da visão; projeção e falta de objetividade na percepção psíquica consciente; clarividência distorcida, decorrente do desequilibrio nos Chakras inferiores.
QUINCE: Incapacidade de catalisar ou reconciliar sentimentos de força e poder, com as qualidades essênciais do eu feminino; conexão distorcida com o eu interior masculino ou animus.
RABBITBRUSH: Sobrecarregado por detalhes; incapaz de lidar com eventos simultâneos ou de múltipla solicitação.
RED CLOVER: Suscetível à histeria de massas ou ansiedade; influenciável pelo pânico ou pensamentos coletivos.
REDWOOD: Trabalha as hemácias e o sistema circulatório como um todo.
ROSEMARY: Esquecido, frouxamente encarnado no corpo físico; conexão fraca da alma-espírito ao corpo.
RUE: Medo de: “trabalho”, “energia ruins”, “mau olhado”, “cisma”.
SAGE: Tendência a ver as experiências da vida como ocorridas pela fatalidade e não merecidas; incapacidade de perceber um propósito maior e um significado nos eventos da vida.
SAGEBRUSH: Excessiva identificação com partes ilusórias do eu; necessidade de purificar e limpar o eu e liberar aspectos disfuncionais da personalidade ou do meio que a cerca.
SAGUARO: Conflito com imagens de autoridade; sentido de separação ou alienação com relação ao passado.
SAINT JONH’S WORT: Estado excessivamente expandido, que leva à vulnerabilidade psíquica e física; medos profundos; sonhos pertubados.
SCARLET MONKEYFLOWER: Medo de sentimentos intensos; repressão de emoções poderosas; incapacidade de resolver questões de raiva ou poder.
SCOTCH BROOM: Sentimentos pesados ou de depressão; pessimismo ou desespero no que se refere a eventos impessoais ou de contexto maior.
SELF-HEAL: Incapacidade de assumir responsabilidade pela própria cura; falta de motivação espiritual para estar bem; excesso de dependência da ajuda externa.
SEQUÓIA: Stress; inflexibilidade; dificuldade em se firmar em alguma coisa; crescimento físico, espiritual ou emocional.
SHASTA DAISY: Excesso de intelectualização, tendência à perceber a informação fragmentada ao invés da totalidade.
SHINING FLOWER: Para pessoas tímidas, apagadas , ofuscadas, sem brilho, com personalidade opaca que não brilha em si e no social .Aviva o carisma.
SHOOTING STAR: Profundo sentimento de alienação, especialmente o de não se sentir em casa na Terra nem ser parte da família humana.
SNAPDRAGON: Agressão verbal e hostilidade; energia da libido reprimida ou mal direcionada; tensão na área dos maxilares.
SQUASH (ZUCCHINI): Crises ligadas à sexualidade masculina; fertilidade em mulheres.
STAR JASMINE: Estimula o senso de praticidade e a clareza mental; equilibra os mucos e as mucosas.
STAR THISTLE:  Medo de escassez; incapacidade de doação, de confiar na abundância do Universo.
STAR TULIP: Sentimentos de estar insensível ou “desconectado”, incapacidade de sentir uma presença interior silenciosa ou um estado de sintonia sensível; incapacidade de meditar e orar.
STICKY MONKEYFLOWER: Sexualidade reprimida ou expressão de comportamento sexual não apropriada; incapacidade de expressar carinho nas experiência sexuais; medo profundo da sexualidade e da intimidade.
STINGING NETTLE: Tônico para os rins, pulmões, e sistema nervoso; situações de “lares desfeitos “; crianças adotadas.
SULPHUR FLOWER: Para pessoas que necessitam limpar a Aura; não digestão no nível físico, emocional e espiritual.
SUNFLOWER: Isolamento ou auto-anulação; baixa auto-estima; má relação com o pai ou com o aspecto masculino do Eu.
SWEET ALYSSUN: Mentes complicadas; ajuda a objetivar, simplificar, acalmar a mente, facilitando a meditação.
SWEET PEA: Alienação social; incapacidade de criar vínculos com a comunidade e achar o seu lugar no mundo.
TANSY: Letargia; incapacidade de agir diretamente; hábitos que subvertem a real intenção do Eu.
THYME: Excelente para trabalhar a regressão.Esta medicação trabalha o tempo numa visão mais profunda.
TIGER LILY: Agressividade; atitude competitiva, hostil; excesso de força yang; tendência separatista.
TRILLIUM: Ganância e atração pelas posses e pelo poder; ambição excessiva; tomado pelas necessidades pessoais ou desejos; tendência ao materialismo e à congestão..
TRUMPET VINE: Falta de vitalidade; incapacidade de ser afirmativo e falar com clareza; bloqueios na expressão verbal.
TURK’S CAP: Pessoas que sofreram violência na infância e se fecham.Medo de serem invadidas, violentadas.Pessoas que precisam, na relação sexual, ir de sexual para sexual, como se tirasse os véus paulatinamente.
VIOLET: Profunda timidez; reservado, mantendo-se alheio; medo de submegir nos grupos.
WISTERIA: Estimula os meridianos, criando efeito eletromagnético; ajuda na absorção de vitaminas, proteínas; mulheres com aversão ao sexo; melancolia.
YARROW: Vulnerabilidade aos outros e ao ambiente, desenergizando-se facilmente.Absorve as influências negativas; intoxicação psíquica.
YELLOW STAR TULIP: Insensibilidade em relação ao sofrimento alheio; falta de percepção das consequências das próprias ações.
YERBA SANTA: Contrição dos sentimentos, particularmente no peito ; dor internalizada e melancolia ; emoções profundamente reprimidas..
ZINNIA: Excesso de seriedade; monotonia; sentimento de peso; falta de senso de humor; sentido excessivamente sóbrio do Eu; criança interior reprimida.